O Ministério do Meio Ambiente (MMA) vai suspender as operações de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia e ações contra as queimadas na região do Pantanal a partir da próxima segunda-feira (31). Com isso, R$ 60,7 milhões deixarão de ser utilizados nesses locais.

Segundo o ministério, a medida foi tomada porque a Secretaria de Orçamento Federal (SOF) bloqueou R$ 39,7 milhões em verbas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e R$ 20,9 milhões do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) após decisão da Secretaria de Governo (Segov) e da Casa Civil da Presidência da República. Aos R$ 60,7 milhões somam-se R$ 120 milhões que também serão cortados do orçamento do meio ambiente em 2021.

O presidente do Conselho da Amazônia, vice-presidente da República General Mourão, tentou por panos quentes na notícia afirmando que não haverá bloqueio de recursos, mas tal declaração serve apenas para incendiar a fogueira e afeta o comportamento do mercado financeiro. Maior sintonia entre os auxiliares do governo se faz necessária.

Queimadas e desmatamento; impacto devastador
Fauna sofre perdas que chegam a milhões
Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *